Tanatopraxia


Para reduzir o sofrimeto dos familiares é que foi criada a tanotopraxia. Ela é baseada no embalsamento e na recomposicão cadavérica.
Esta técnica possibilita o cadáver permanecer em boas condições por mais tempo.
Ela foi adotada no Brasil há mais de dez anos e passou a ser um serviço essencial dentro do mercado funerário.
Nunca demora menos do que uma hora e meia. Normalmente, o trabalho é realizado por duas pessoas, mas há casos de quatro pessoas trabalharem quase cinco horas para fazer a tanatopraxia e o preço varia muito, pois depende das técnicas utilizadas.
Existem muitas cidades no Brasil que nenhum corpo sai da funerária sem antes passar pela tanatopraxia. A técnica não apenas conserva o corpo, mas também melhora o seu aspecto. A pessoa que morre de infarto, por exemplo, fica com olheira e com as unhas roxas, sintomas que desaparecem com a técnica da tanatopraxia. Enfim, a técnica tem como objetivo tirar o aspecto cadavérico do corpo e passar uma aparência de uma pessoa dormindo.